Alho-Poró

4.0

NOTA DO AUTOR

Na página do Catarse de Alho-Poró, Bianca Pinheiro deixa avisado: essa não é uma história para crianças. O recado é válido, pois vários pais e mães compraram (e ainda compram) os volumes de Bear, da Editora Nemo, para seus filhos – conforme a própria quadrinista indica. Mesmo assim, pais e mães podem adquirir esse gibi para si, pois a história é fantástica.

Na mesma página, Bianca informa que essa obra foi toda produzida com lápis 3B e colorida no computador. A diferença você vai perceber no traço, que está bem distinto dos outros trabalhos mais conhecidos dela (o citado Bear e Mônica – Força). A textura salta aos olhos e o papel utilizado (pólen bold 90g) é um grande aliado, fazendo do resultado final uma grande experiência visual. Além disso, a opção por cores mais chapadas e econômicas dá um toque especial ao desenho, casando completamente com a proposta da história.

Falando nisso, qual é a história? As amigas MárciaDenise estão zanzando em vários supermercados em busca de alho-poró, para fazerem um quiche (de… alho-poró) juntamente com Brenda. A dificuldade em encontrar esse ingrediente (e comprar os demais) vai te introduzindo nesse universo, por meio de diálogos bem elaborados e críveis. O cotidiano, a normalidade do nosso dia a dia se faz presente no texto de forma muito natural. A interação entre as personagens, uma longa conversa sobre algo que aconteceu no passado, seus dilemas normais e próximos da nossa realidade são os grandes ingredientes dessa história. Até que, lá para as tantas, a coisa muda de figura completamente e o final é tão inesperado que ainda estou meio zonzo.

Penso que Bianca Pinheiro ousou, mais uma vez, com Alho-Poró. Seja na opção por um traço mais “grosso” (que, acredite, dá um outro contorno ao quadrinho), seja no rumo que deu a história. De uma forma ou de outra, você não vai terminar a leitura desse gibi sem ficar pensando na história, relendo em busca de outras nuances que talvez tenha deixado passar e que conduz a história até seu desfecho. Não é algo para ler, guardar e voltar aos seus afazeres diários. Bianca vai sedimentando seu nome entre as grandes quadrinistas de sua geração, fazendo que você tenha a certeza que não vai ler qualquer coisa ao se deparar com algum trabalho seu.

Alho-Poró é o segundo lançamento do selo La Gougoutte, idealizado por Bianca, Greg Stella, Alexandre Lourenço e Yoshi Itice. Antes, entre setembro e outubro, o selo lançou Boxe, HQ criada pelo Alexandre Lourenço (autor de, entre outras, Você é um Babaca, Bernardo).

 

  

Roteiro: Bianca Pinheiro

Arte: Bianca Pinheiro

Editor: Bianca Pinheiro (com Alexandre Lourenço, Greg Stella e Yoshi Itice)

Capa: Bianca Pinheiro e Yoshi Itice

Publicação original: dezembro de 2017

No Brasil: -

Nota dos editores:  4.0

Nota dos leitores:  4.5


  iTunes   Fale com a gente!

Um comentário sobre “Alho-Poró

Deixe uma resposta